Enfrente a crise! Erga-se muito mais forte no pós-crise.

Como efeito da pandemia, estamos passando por uma crise econômica, social e de saúde sem precedentes. A necessidade de quarentena e distanciamento social decretado pelo governo afeta a economia de forma esmagadora e, portanto, precisamos nos adaptar e nos resguardar para estamos pronto para voltar a vender quando esse momento acabar.

Para começar, preciso deixar claro algumas coisas:

  1. As vendas vão cair;
  2. A crise afetará a TODOS (pessoas e setores);
  3. A pandemia é seríssima, mas é temporária;

Não há como mudar a crise que está batendo na porta, mas podemos ajustar as pontas para que a operação fique mais forte quando a crise passar. Não será fácil ou simples, mas é de grande importância que você utilize bem de sua expertise do seu negócio para que você possa encontrar e resolver gargalos burocráticos em sua loja, otimizar processos, estudar outros meios de agir, analisar números, enxugar custos dispensáveis, entender de onde vem sua melhor receita.

Listarei abaixo alguns pontos importantes para que você absorva o que for de relevante para seu negócio, adapte o que fizer algum sentido ou ignore o que não se encaixa.

1 – Não é tempo de novas vendas: tenha foco nos seus clientes e contatos de base

As pessoas que já são seus clientes ou que já demonstraram interesse são o maior valor do seu negócio, principalmente em tempos de crise.

A demanda de novos clientes vai diminuir drasticamente, portanto, só te resta cultivar os já existentes. A necessidade de quem deixou um contato de interesse mas ainda não comprou, pode querer comprar daqui a um ou dois meses, quando a crise amenizar.

Valorize seus leads!

Crie um processo de relacionamento com eles – tanto clientes quanto leads -, para que quando estejam em momento de compra lembrem de você para fechar negócio (ou façam novas compras).

2 – Tenha produtos ou serviços complementares

Nesses tempos de crise, as pessoas procurarão evitar ter compras de valores altos. Mas você pode aproveitar sua base de clientes para oferecer produtos e serviços complementares para gerar renda.

Seja criativo, mas para lojas de veículos, aproveite seu nicho de negócio e procure ofertar serviços de oficina, lavagem, etc.

3 – Seja visto!

Invista em exibir sua marca! Movimente suas redes sociais. Não deixe os clientes esquecerem de sua marca. Isso não requer desembolso de dinheiro. Você mesmo pode publicar boas fotos do seu estoque, demonstrar empatia nas redes sociais e compartilhar conteúdo relevante.

Quando o momento de compra chegar, as pessoas vão procurar as empresas que se identificam mais, portanto, seja visto para ser lembrado.

Importante: SEMPRE insira seu site e WhatsApp em suas publicações!

4 – Não deixe de trabalhar: você não precisa de um local físico para manter contato

Nesse momento, a internet se torna fundamental para que as pessoas encontrem o que procuram. Então, é de grande importância que sua loja mantenha seus contatos atualizados no site, no google e em todas as redes sociais. O estoque no site da loja também deve estar sempre atualizado.

Disponibilize e realize atendimentos via WhatsApp, Facebook e Instagram. Não deixe as pessoas sem respostas. Envie novas fotos, faça uma ligação ao vivo e mostre seu estoque, mostre detalhes específicos do veículo de interesse e agende uma visita dentro dos regulamentos e horários estabelecidos na sua cidade ou vá até o seu cliente.

Pode não ser o momento de compra dela, mas o intuito é essa pessoa se sentir tão bem atendida que queira voltar em outro momento para finalizar a compra.

5 – Eleve seu atendimento a um novo nível

Pra quem é nosso cliente sabe que nós focamos fortemente em treinar os usuários do sistema e passar sempre as melhores práticas de como atender via internet. A crise atual vai forçar todos a seguirem essas práticas para poder se manter no mercado.

As empresas que não adotarem novas práticas, mesmo pós-crise, sentirão uma enorme dificuldade, pois os clientes terão percebido que há um modelo de compra de veículos online que várias lojas já realizam e é muito mais cômodo.

Otimize o seu tempo e o da sua equipe de vendas e incentive-os a realizar cursos de atendimento e venda online, a pesquisar por ferramentas para otimizar o relacionamento com o cliente, buscar melhores meios de aparecer nas redes sociais.

É tempo de adaptação e otimização do seu negócio! Supere essa fase que vamos emergir muito mais fortes pós-crise.

Estamos aqui pra ajudar! Entre em contato com nosso atendimento caso queira testar alguma ideia, pedir opinião, desabafar sobre seu negócio ou para saber o que outras empresas estão realizando para melhorar os serviços.

Danilo Carlos

CEO da Lua4

Saiba mais sobre importância de ter uma boa ferramenta de gestão para o seu negócio!

Muito se fala sobre sistema de gestão, CRM e afins, mas você já parou pra entender o quanto de benefícios um sistema para gerir suas demandas pode trazer?

Antes de tudo, um gestor tem a função de treinar operadores, organizar, delegar, medir, controlar, otimizar e dar insumos para realizar planejamentos para atingir os objetivos da organização.

Agora responda pra você mesmo algumas perguntas: 

  • Você sabe quantos atendimentos seus vendedores realizaram essa semana?
  • Dos atendimentos realizados, quantos se converteram em vendas?
  • Quantos atendimentos chegaram por cada classificado que você anuncia?
  • Quantos desses atendimentos de classificados se converteram em venda?
  • Você sabe o custo por cada conversão em venda de atendimentos vindo de portais?

Como gestor de uma loja, é de grande importância que você saiba responder essas e outras perguntas, para que sejam realizados investimentos nos canais corretos e você tenha poder de barganha com classificados que não dão tanto retorno.

Veja 5 benefícios de ter um bom sistema de gestão de relacionamento com o cliente:

1 – Veja resultados de seus vendedores:

Quantas vezes você chegou pra seus vendedores e perguntou “quantos atendimentos você tem em andamento?” e ele respondeu “estou com 2” e no fim do mês ele tem exatamente 2 vendas?

Se ele só atendeu duas pessoas e realizou duas vendas, dê uma medalha a ele, pois ele teve 100% de conversão. Mas sinto dizer que provavelmente ele atendeu dezenas de pessoas para poder converter essas duas em vendas.

Mas, caso você acredite nesse vendedor, faça o seguinte: no lugar de delegar 2 atendimentos para ele, delegue 50 atendimentos. Com 100% de conversão desse vendedor, você gira seu estoque rapidinho.

2 – Entenda o que pode ser melhorado no seu estoque ou na sua oferta

Com um bom sistema de gestão, você poderá saber o motivo de ter vendido e, tão importante quanto, o motivo de não fechar negócio.

Quando seus vendedores concluem um atendimento e não há fechamento do negócio, é possível ele registrar o motivo da não-venda. Por exemplo, o cliente pode ter fechado negócio em outra loja, por causa do preço. Ou, simplesmente, pode não ter gostado de algo específico no veículo. No fim do mês, você poderá acessar um relatório e entender se seu estoque está com valor muito alto ou se você precisa dar um brilho a mais nos seus carros para encantar os clientes.

3 – Não deixe prospecções cair no esquecimento

Com um bom sistema, seus vendedores poderão acompanhar toda a trajetória de compra dos clientes. O cliente em momento de pesquisa não é motivo pra dar uma venda como perdida. Na realidade, é uma oportunidade de gerar relacionamento com o cliente e converter em venda no futuro. Seja parte desse processo de decisão do cliente e você estará fidelizando ele.

4 – Resgate oportunidades perdidas

Algum cliente chegou na sua loja perguntando sobre um veículo específico que você não tinha no momento? O que você fez com ele?

Com um bom sistema de gerenciamento, você pode deixar esse cliente registrado para que um alerta seja exibido quando o veículo entrar no estoque e você poder negociar com ele.

Ou ainda, você pode ver que muitos clientes procuraram por esse veículo e pode ser uma ótima oportunidade pra adquirir alguns para seu estoque, sabendo que aquele veículo é bem procurado.

5 – Clientes na mão, de qualquer lugar

Hoje em dia, todos temos um celular com internet. Dessa forma, conseguimos acessar o sistema para acompanhar atendimentos de qualquer lugar. Não há mais desculpas, podemos pegar o contato dos clientes, ver como anda a negociação e continuar a conversa do cliente sem estar dentro da loja.

É indiscutível que o bom uso de um sistema de gestão de relacionamento pode trazer ótimos resultados para sua loja. 

Queremos saber de você! Quais são os maiores desafios que você enfrenta com seus vendedores, atendimentos e investimentos?

E mais, quais ações sua loja realiza para manter a qualidade do atendimento, dos seus produtos e fidelizar seus clientes? Conte pra nós! 

A importância das vendas na internet

Atualmente, a sua loja sobreviveria sem as vendas pela internet?

É uma pergunta simples de se responder e que, inclusive, pode despertar uma reflexão mais profunda ainda: estou dando a devida importância do meu negócio na internet?

O NOVO CLIENTE

Usar o termo “novo” já não se encaixa mais com a realidade do comprador de automóveis, pois 84% dos clientes usam das pesquisas online para reduzir a quantidade de visitas.

Falaremos, então, do CLIENTE.

O cliente de autos possui inúmeras características e as três mais relevantes, que fundamenta os pilares de uma metodologia de trabalho, são: móvel, conectado e informado.

Móvel, pois os smartphones estão definitivamente presentes na vida de cada pessoa.

Conectado, uma vez que a internet se tornou mais acessível e com isso as conexões pessoa-pessoa, pessoa-empresa, empresa-empresa, etc. estão rápidas, efetivas e eficazes.

Informado, já que todas as notícias e informações do que está acontecendo no mundo inteiro podem ser visualizadas e também compartilhadas em segundos.

Para que essa definição fique mais enraizada na sua memória, temos um outro dado do IBGE que diz que o Brasil conta com 64,7% da sua população conectada à internet. Esse dado é do final de 2016 e nós já estamos próximos do fim de 2018. Será que esse número aumentou?

Em números mais palpáveis, são 116 milhões de brasileiros usando a internet no seu dia a dia. 

Dentre essas 116 milhões de pessoas, existem exclusivamente dois tipos de pessoas: o nativo digital e o imigrante digital.

Nativo: aqueles que nasceram por volta de 1990 e cresceram junto da internet.

Imigrante: aquelas pessoas que nasceram antes de 1990 e foram obrigadas a saírem do meio offline para o meio online com o intuito de, literalmente, sobreviver no mercado.

Com esses dados, você consegue entender melhor o tamanho do benefício de vender pela internet?

Autor: Erimar Feranades

Novos hábitos gerando novas oportunidades de negócio.

O mundo vem passando por transformações gigantescas e essas mudanças têm impactado diretamente nos hábitos dos consumidores. O número de brasileiros que usam a internet vem crescendo cada vez mais, atingindo um total de 70% da população no ano de 2018, segundo a pesquisa TIC Domicílios, divulgada no dia 28 de agosto de 2019. Estamos falando de mais de 126 milhões de pessoas conectadas à internet regularmente. Esse número diz muito sobre o caminho que estamos indo, uma vez que as relações sociais e mercadológicas estão se modificando com o avanço da tecnologia.

O mercado de vendas de automóveis é um exemplo bem relevante dessa transformação. Há 15 anos, era impossível imaginar que o consumidor chegaria na loja sabendo previamente todas as características do carro o qual ele se interessou. Hoje, com a conexão à internet, o consumidor tem acesso a todo tipo de informação na rede, sendo um fator determinante na decisão de compra dele. Ele ficou mais esperto e aprendeu a pesquisar bem antes de fechar negócio. As lojas de carros seminovos tiveram que se adaptar a essas mudanças, e hoje quem não investe em uma boa ferramenta de vendas, com um CRM completo, alinhado ao marketing digital, fica para trás.

O termo internet 4.0 é bastante discutido entre os especialistas da área. Nessa nova era, os sistemas são mais interativos e dinâmicos, com a capacidade não só de utilizar, mas sim, de interpretar informações de forma instantânea. Além disso, as ferramentas estão cada vez mais ágeis no cruzamento de dados, propiciando as empresas uma maior agilidade na obtenção dos resultados. Isso tudo de forma automática, por meio de sistemas complexos de inteligência artificial e Big Data.

Por isso a importância de se investir em capacitação e, também, em novas ferramentas de tecnologia para aprimorar o processo de vendas no seu negócio. Não se trata somente de ter um site, mas sim, um bom sistema de vendas com ferramentas capazes de otimizar cada vez mais os seus resultados.

O seu cliente mudou! Entenda o perfil do comprador de autos

O cliente levava até 4 lojas para encontrar o seu produto ideal, já em 2017, chegou a ir em até 1.3 lojas para decidir sua compra. Isso aconteceu porque o cliente passou a ter 3 características

1 – Móvel: A mobilidade surgiu devido a chegada dos smartphones, na palma da mão você consegue ter acesso à diversas informações em qualquer lugar.

2- Conectado: O cliente está conectado e sempre buscando informações.

3 – Informado: Ele sabe quanto está custando em média o carro que você quer vender, custo de revisão, se a sua reputação está boa ou ruim, não apenas da sua loja mas a do seu concorrente.

Para você ter uma ideia essas 3 características faz com que 80% dos clientes que vão até a sua loja, utilizem a mesma ferramenta para decisão de compra, ou seja, o cliente pesquisa em seu smartphone antes de fazer qualquer negócio.

Mas o que isso tudo significa?  significa que assim como ele está olhando o seu concorrente dentro da sua loja, ele pode está olhando a sua loja dentro da do concorrente. Para isso, você precisa se posicionar de uma maneira muito clara com boa reputação,boa qualidade de produto e com preço atrativo para que ele feche o seu negócio.

Achou interessante? Compartilha esse vídeo com o pessoal da sua loja e mostre que o mundo está mudando!